Em 2015, mais pessoas morreram fazendo “selfies” do que atacadas por tubarões.

0
432
Menos perigoso que um "selfie".

Mais pessoas morreram fazendo “Selfies” em 2015 do que por ataques de tubarão.

Parece que fazerum selfie é realmente um esforço bastante perigoso, e muitas pessoas morreram enquanto faziam isso.

Houve algumas histórias de notícias trágicas sobre mortes de selfie no ano passado ou assim, mas até agora não foi tão claro exatamente como é realmente o fenômeno da morte do selfie. Você pode ter mais medo de tubarões do que Selfies, mas, na verdade, estatisticamente o último é mais mortal.

Houveram doze mortes registradas em 2015 até agora, em comparação com oito pessoas morrendo por causa de ataques de tubarões. A maioria das mortes relacionadas ao selfie foi devido à queda. O próximo mais comum é quando as pessoas estão tentando tomar um selfie e são atingidas por um veículo em movimento. As mortes por seres humanos são incrivelmente comuns As mortes por selfies tornaram-se tão frequentes na Rússia que o governo lançou um guia detalhando como não morrer enquanto tira uma foto de si mesmo. No guia, é aconselhável que “fotógrafos” não se equilibrem em superfícies perigosas ou posar com armas carregadas, entre outras dicas.

O Guia Russo para selfies.

O Parque Nacional de Yellowstone também foi atormentado pelo problema, emitindo um aviso sobre selfies ao lado de bisões, depois que cinco pessoas estavam feridas. Outro homem estava perto de perder uma mão depois de posar com uma cascavel e mais de uma pessoa morreu atirando com armas carregadas. Estes são apenas alguns exemplos. Existe uma lista abrangente na Wikipedia de todas as mortes e lesões conhecidas relacionadas à selfie, e inclui 19 incidentes separados desde 2014. A maioria das pessoas envolvidas tinha entre 18 e 22 anos, e os acidentes variaram de um homem sendo eletrocutado enquanto subia em um trem e um piloto batendo um avião leve, matando a si e a um passageiro, e vários casos de pessoas morrendo ao posar com armas.

 

 

Menos perigoso que um “selfie”.

 

Fonte: http://www.telegraph.co.uk/technology/11881900/More-people-have-died-by-taking-selfies-this-year-than-by-shark-attacks.html